Felipe Guimarães: profissionalismo e serenidade

 

Destaque na categoria Júnior no ano passado, a estréia de Felipe Guimarães na categoria Graduados B era aguardada com enorme expectativa.

Com muita tranqüilidade, ele tratou de não decepcionar. Logo na estréia, venceu o rival Pedro Bianchini, conquistou o título da Copa Petrobras Sorriso Campeão e garantiu vaga na final da Seletiva.

Felipe Guimarães é um menino rápido como muitos outros. O diferencial, talvez, esteja na forma como ele encara o kartismo. Nesta entrevista, deixa claro o profissionalismo no momento de trocar de categoria e demonstra uma serenidade rara para a idade. “Claro que eu quero vencer a Seletiva. Mas se não der em 2006, tento no ano que vem, pela Graduados A”, afirma.

 

Como foi conquistar a Copa Petrobras Sorriso Campeão logo na estréia pela Graduados B?
Antes de terminar o ano na categoria Júnior eu já comecei a treinar com o equipamento da Graduados B. É mais rápido e exige um estilo diferente de pilotar. Fiquei muito contente em vencer a Copa Sorriso Campeão.

 

E agora você garantiu vaga na final da Seletiva Petrobras para pilotos Graduados B. Está confiante?
Eu já acompanho a final da Seletiva há algum tempo. Gosto do sistema de disputa no fim do ano. Vamos ver quais serão os outros classificados. Até lá já terei treinado ainda mais! Tomara que eu esteja bem preparado.

 

Você já venceu todos os campeonatos do Brasil. Vencer a Seletiva é o único que falta?
Os principais pilotos que saíram do kart no Brasil tem no currículo a Seletiva Petrobras. Gostaria muito de vencer também. Mas se não der este ano posso tentar no ano que vem pela categoria Graduados A. Mas espero conquistar já em 2006.

 

Qual a principal dificuldade de um piloto que muda da categoria Junior para a Graduados B?
O equipamento, com certeza. É mais potente, a velocidade é maior. Tive que aprender a controlar o kart e não fazer algumas coisas que fazia com o kart da Júnior. Mas estou aprendendo bem. É com bastante treino que vou “pegar a mão” do kart.

 

A final da Seletiva será em Curitiba. Conhece a pista?
Conheço bem lá. Ano passado fui tetracampeão da Copa Brasil naquele circuito. É uma pista que gosto muito e sempre conquistei bons resultados.