Fechando este ano especial para a Seletiva de Kart Petrobras, a entrevista de dezembro do nosso site é com o atual campeão Marcel Coletta. Confira!

 

 




1. Como você analisa essa sua vitória e a conquista do título da Seletiva de Kart Petrobras logo em seu ano de estreia na disputa?

A vitória na primeira vez foi muito legal, pois era muito difícil pelo fato de não conhecer o sistema do campeonato. 


2. Você nos contou assim que a competição terminou que não esperava ganhar, por que não esperava?

Não esperava ganhar, pois era minha primeira vez e não estava acostumado com o sistema do campeonato, enquanto já tinha pilotos que estavam no 2º ano na disputa.


3. Quais foram as principais dificuldades que você precisou superar, como estreante, para vencer?

A maior dificuldade foi meus adversários, pois todos eles eram muito experiente e rápidos. Como estreante, a maior dificuldade foi o jeito com que as tomadas foram feitas, a de uma volta rápida e a de 5 voltas cronometradas.


4. Como você avalia o nível dos seus concorrentes na final?

O nível era muito bom, todos os pilotos eram rápidos e experientes e ainda tinham dois que já tinham participado da Seletiva de Kart Petrobras.


5. Como campeão você não poderá mais participar, então que dica você daria para um piloto que participa pela primeira vez de uma final da Seletiva? 

Infelizmente, não posso mais participar, mas para um estreante que ainda vai participar eu falaria para ele treinar as tomadas de tempo de volta lançado e a de 5 voltas cronometradas.


6. Além do prêmio em dinheiro, a premiação da Seletiva de Kart Petrobras também contou com diversas ações. Comente um pouco sobre elas. Qual mais gostou?

O media training e o treinamento físico foram muito importantes para minha carreira.O simulador foi muito bom para poder conhecer o freio de um carro de corrida. Mas o prêmio que mais gostei foi os testes de Fórmula 4 em Pavia, poder pilotar um carro de corrida foi uma experiência inesquecível.


7. Como foram os testes no simulador da F-1 em Modena (Ita)?

O simulador é muito bom e dá uma sensação de que você está mesmo pilotando em uma pista. O mais importante no simulador foi aprender sobre os freios.


8. Você também testou de Fórmula 4 italiana. Como foi seu desempenho? O que achou 

Eu achei meu desempenho bom e o chefe da equipe também gostou. A pista estava muito molhada então, consequentemente, o carro escorregava muito e graças a isso peguei bastante confiança do carro.