SELETIVA DE KART PETROBRAS CHEGA AO RECIFE PARA DEFINIR MAIS UM FINALISTA

20/04/2006
A cidade do Recife (PE) receberá neste domingo (23), pela primeira vez na história, uma etapa válida para a Seletiva de Kart Petrobras. Quem vencer a corrida pela categoria Força Livre estará automaticamente classificado para a decisão do evento, marcada para dezembro, em Curitiba, valendo um cheque de R$ 74 mil para o campeão e mais R$ 8 mil para o vice. Doze pilotos selecionados ao longo do ano, incluindo dois estrangeiros, estarão na disputa pelo prêmio, o maior do kartismo brasileiro. Até o momento, apenas dois kartistas estão garantidos na final: Leonardo Cordeiro e Fabiano Machado. O terceiro será definido neste fim de semana, no Recife. O kartódromo onde será disputada a prova foi inaugurado há um ano e neste período revolucionou a modalidade na região. No final do ano passado, o Campeonato Pernambucano de Kart reunia cerca de 40 pilotos no grid. Além dos representantes locais, o torneio conta com participantes que vêm do Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba e Alagoas para competir. “A chega da Seletiva de Kart Petrobras ao Recife é um reconhecimento ao nosso trabalho, que em apenas um ano construiu um kartismo forte em Pernambuco”, afirma Carlos Teixeira, diretor do Clube Pernambucano de Kart. A cidade do Recife estava sem kartódromo havia 20 anos. A possibilidade de enfrentar os melhores pilotos da modalidade e a chance de brigar por um prêmio que pode ser decisivo na seqüência da carreira são os grandes atrativos da Seletiva de Kart Petrobras. O paraibano João Neto, que estará na disputa pela vaga no Recife, já passou por esta experiência. Ele foi finalista da Seletiva de Kart Petrobras em 2003 e espera volta à decisão do evento em 2006. Para tanto, terá de superar outro piloto que vem de longe. O potiguar Ícaro Ita é um dos favoritos, juntamente com os pilotos locais. Destaque para os pernambucanos Italo Renda e Sérgio Ramalho. A realização de uma etapa classificatória no Recife reforça a idéia da Seletiva de Kart Petrobras de visitar as mais diferentes regiões do País. Neste ano, o calendário conta com nove etapas e mais a final, passando por oito cidades de sete Estados diferentes, além da etapa de Buenos Aires, na Argentina (São Paulo, Pernambuco, Minas Gerais, Goiás, Maranhão, Rio Grande do Sul e Paraná). Em sete anos de história, o prêmio da Seletiva de Kart Petrobras mudou o destino da carreira de cinco pilotos, que utilizaram o prêmio para continuar suas carreiras. Entre eles, Danilo Dirani, o vencedor de 1999, que atualmente integra o programa de desenvolvimento de pilotos da equipe Honda de Fórmula 1.