PRÊMIO DA SELETIVA PODE AJUDAR PRÉ-TEMPORADA DE CAIRO CAMPOS

16/09/2006
Começaram nesta sexta-feira (15) os treinos livres para a sexta etapa do Super Centro-Oeste de Kart, que será disputada no domingo (17), em Anápolis (GO). O vencedor da corrida pela categoria Graduados garante uma vaga na decisão da Seletiva de Kart Petrobras, marcada para o fim do ano, com prêmio de R$ 74 mil para o campeão e R$ 8 mil para o vice. É a chance de participar da final do evento que tem mexido com os sonhos dos pilotos locais e atraído competidores de outras categorias. Um dos inscritos para a prova, por exemplo, é o goiano Cairo Campos, piloto da Fórmula Renault. Ele nunca esteve na final da Seletiva de Kart Petrobras e tentou a vaga apenas uma vez, em 2002, no Maranhão. “Aquela corrida praticamente lançou meu nome no cenário nacional e minha carreira foi crescendo aos poucos, até chegar à Fórmula Renault. Só que permaneceu o desejo de participar de uma final e agora eu tenho outra chance, correndo pertinho de casa”, analisa Cairo Campos, que terá sua última oportunidade. Com 21 anos, ele está na idade limite para concorrer ao prêmio. “Não custa tentar mais uma vez, principalmente considerando a importância do evento”, afirma. Se conquistar um lugar na final, o goiano pode começar a fazer planos para a utilização do prêmio. Ele está considerando a possibilidade de correr na Fórmula 3 Sul-Americana em 2007 e os R$ 74 mil destinados ao campeão da Seletiva de Kart Petrobras podem ser aplicados nos testes de pré-temporada, entre janeiro e março. “Conseguir o dinheiro para aumentar meu número de treinos seria muito bom e vou entrar na pista neste fim de semana pensando exclusivamente em garantir meu lugar na final”, comenta. A decisão da Seletiva de Kart, ainda sem data definida, será em Curitiba (PR). Apesar da confiança, o piloto precisou trabalhar duro durante os treinos livres para se readaptar ao kart, consciente de que a corrida deve ser difícil. Além dos kartistas locais, a prova terá a participação de Clemente Faria Jr., tetracampeão brasileiro da modalidade e piloto da F-3 Sul-Americana, e do paulista Dennis Navarro. “Tem muita gente de olho no prêmio e não será fácil atingir meu objetivo. De qualquer forma, procurei me preparar o suficiente para enfrentar o desafio e espero conquistar a vaga”, conclui Cairo Campos.