FELIPE GUIMARÃES FICA COM O TÍTULO DA SELETIVA NA GRADUADOS B EM CURITIBA

21/11/2006
O brasiliense Felipe Guimarães confirmou nesta terça-feira (21) seu favoritismo na categoria Graduados B (pilotos entre 14 e 16 anos de idade) da final da Seletiva de Kart Petrobras, que vem sendo disputada no Raceland Internacional, em Curitiba (PR). Ele foi o mais veloz nas três tomadas de tempo e ganhou as duas baterias do dia. Não houve nenhuma chance de ameaça por parte de João Cunha, seu maior adversário ao longo da competição, que ficou com o vice. O campeão garantiu um prêmio de R$ 19 mil para investir na carreira em 2006. “Eu quero fazer mais um ano de kart, mas desta vez correndo fora do Brasil, principalmente na Europa. Ainda falta uma parte do patrocínio e sem dúvida este dinheiro que consegui na Seletiva de Kart Petrobras vai ajudar demais no meu objetivo”, disse Felipe Guimarães, de 15 anos. João Cunha, o vice-campeão, fez o que pôde para tentar a conquista, mas terminou satisfeito com a experiência da estréia na Seletiva. Binho Carcasci, promotor do evento, destacou o equilíbrio entre os karts, principal preocupação da Seletiva de Kart Petrobras. “Tudo o que nós fazemos aqui é com o objetivo de tornar a competição o mais justa possível e premiar sempre o melhor piloto. Durante todo o dia ficou claro que os karts estão em boas condições, tecnicamente muito parecidos, o que nos dá segurança para prosseguir com a final, agora com a Graduados A”, analisou. Para garantir a igualdade dos equipamentos, o diretor técnico, Paulo Carcasci, voltou à pista na manhã desta terça-feira e andou com todos os chassis, para verificar se havia algum tipo de diferença. O trabalho já havia sido feito também na tarde de segunda-feira. Os motores, antes de partir para Curitiba, foram testados em Interlagos (SP). Durante o evento, os karts são fornecidos pela organização e não podem sofrer grandes alterações de acerto, o que aumenta a necessidade de equipamentos iguais. Um piloto que também merece destaque é o paulista Caio Lara. Logo pela manhã, ainda no colégio, ele recebeu a notícia de que poderia disputar a Seletiva de Kart Petrobras substituindo Geovani Cerutti, que abriu mão da vaga por questões pessoais. Conseguiu vaga num vôo para Curitiba por volta do meio-dia, chegou a perder a primeira tomada de tempo, mas não deixou escapar a oportunidade de participar do evento. Sem ter participado dos treinos e andando pela primeira vez com motor Biland, ele enfrentou algumas dificuldades, mas considerou o aprendizado muito positivo. “Fiquei muito feliz com a oportunidade e foi bom para conhecer o equipamento e o formato da competição, diferente de tudo que eu já disputei. Assim, posso chegar mais preparado para a decisão do ano que vem se eu conseguir uma vaga”, afirmou o piloto. A disputa agora é pelo prêmio da principal categoria do kart, a Graduados A, que oferece um cheque de R$ 74 mil para o vencedor e mais R$ 8 mil para o vice. Os treinos começam nesta quarta-feira (22) e as corridas finais estão previstas para quinta-feira (23). Os finalistas são Leonardo Cordeiro, Fabiano Machado, Denis Navarro, Dennis Dirani, Rafael Mendonça, Rafael Suzuki, Guilherme de Conto, Carlitos Eduardo, César Ramos, Mattias Milla, Nestor Girolami e o paranaense Gabriel Dias.