PILOTOS VÃO AO MARANHÃO EM BUSCA DE VAGA NA SELETIVA DE KART PETROBRAS

04/09/2007
O número de vagas disponíveis para a final da Seletiva de Kart Petrobras vai se reduzindo. Já a procura dos pilotos pelas próximas etapas classificatórias só aumenta. O fenômeno se repete todos os anos, por um motivo bem simples. O prêmio oferecido ao campeão do evento, que nesta temporada está marcado para os dias 20 e 21 de novembro, em Piracicaba (SP), será R$ 100 mil. Dinheiro suficiente para mexer com as pretensões de qualquer competidor, seja ele de qualquer região do Brasil. Não por acaso, são esperados pilotos das mais diversas partes do país na prova Norte/Nordeste, que será realizada dia 16 de setembro, em Imperatriz (MA). Duas vagas estarão em jogo, ambas liberadas para competidores de qualquer lugar, o que deve levar um bom número de representantes de São Paulo ao Maranhão. Esta foi uma das mudanças para o evento em 2008. Até o ano passado, havia uma espécie de proteção aos garotos locais, que disputavam a classificação de forma exclusiva. “Nós entendemos que com os motores sorteados as chances serão iguais para todos e não faria sentido manter a exclusividade”, revela Binho Carcasci, promotor da Seletiva de Kart Petrobras, que para as etapas Norte/Nordeste e Sul introduziu a utilização dos propulsores Fireball. Eles pertencem à organização e são sorteados aos competidores no dia do evento. Partindo de São Paulo, alguns bons nomes já estão confirmados, como Alain Sisdelli, Henrique Martins e Francisco Weiller. A lista deve engrossar na semana da prova. O que eles têm pela frente é a força do kartismo da região Norte/Nordeste. Com o apoio das federações, os representantes locais vêm se fortalecendo e encontram na Seletiva de Kart Petrobras a oportunidade de mostrar o estágio deste desenvolvimento, já que é o único evento de expressão nacional que passa por ali. São esperados inscritos de São Luís (MA), Imperatriz (MA), Palmas (TO), Marabá (PA) e Belém (PA). Como preparação para a prova, eles chegaram a realizar um Open de kart no mesmo circuito, em junho. O evento terá um formato diferente do que foi visto nos últimos anos. Geralmente a etapa Norte/Nordeste era decida por pontos após duas corridas. Agora, a organização optou por manter as duas provas, mas apenas o resultado da última será válido para classificação. Ou seja, quem vencer a bateria final, independente do resultado da primeira, fica com a vaga. Dos catorze lugares na final da Seletiva de Kart Petrobras, oito já foram preenchidas. Os pilotos confirmados na decisão do evento são Dennis Dirani, João Paulo Gelain, André Rosário, Cesar Ramos, Felipe Guimarães, Gabriel Dias, Douglas Hiar e Alexandre Ruiz.