GUILHERME DE CONTO E PIPO DERANI ESTÃO NA FINAL DA SELETIVA DE KART PETROBRAS

23/06/2008
Um tem 18 anos, já fez até mesmo sua estréia no automobilismo e foi campeão do evento duas vezes. O outro é um menino de 14 anos, que fará sua primeira participação na final e acabou de ser promovido das categorias menores. Este contraste de perfis tem um bom motivo. Ambos estão em busca dos R$ 100 mil oferecidos ao campeão da Seletiva de Kart Petrobras, maior prêmio do kartismo brasileiro, que anualmente reúne os principais pilotos do país para contemplar com o cheque o melhor deles. As diferenças entre Guilherme de Conto, o mais velho da dupla, e Pipo Derani, o mais novo, não param por aí. Cada um teve até mesmo a sua própria forma de classificação. Mais difícil ou mais simples. No caso do paranaense, um dos mais rápidos desde o início dos treinos, veio sem muitos sustos. Ele teve, sim, uma pedra no sapato, chamada Leonardo Cordeiro, mas tudo se resolveu na segunda e última bateria. Porque, antes, estava tudo nas mãos do concorrente, que fez a pole position e ganhou a prova inicial do dia. Na segunda bateria, Guilherme de Conto mostrou sua força com uma boa ultrapassagem logo nas primeiras voltas e passou a abrir vantagem. Ficou ainda mais tranqüilo quando Leonardo Cordeiro desapareceu de seu campo visual por ser desclassificado. Na verdade, o piloto foi chamado aos boxes para recolocar o pára-choques traseiro, mas não atendeu e, por este motivo, levou a bandeira preta (estava em segundo lugar naquele momento). “Eu tentei me encaixar numa boa posição na largada, porque aqui a volta começa em ‘S’, o que é mais difícil. Depois que tudo se tranqüilizou, vi que estava mais rápido e ganhei a liderança. Aí tentei me concentrar e levar até o fim num bom ritmo”, disse Guilherme de Conto, que agora tem a chance de igualar o recorde de títulos na Seletiva de Kart Petrobras, que atualmente pertence a Rafael Daniel, com três. “Mas a Seletiva é difícil, depende muito do trabalho que você faz na final”. Neste ano, por falta de patrocínio, ele selecionou apenas os torneios mais importantes do kart para participar, incluindo o Brasileiro, a Copa do Brasil e a Seletiva. A meta é voltar ao automobilismo, onde ele já esteve em 2006 com a Stock Jr. “Eu quero correr na Copa Vicar no ano que vem. Para isto, espero conquistar o prêmio e completar o patrocínio”, concluiu. Pipo Derani, que ainda tem mais um tempo de kart pela frente, teve uma classificação bem mais suada. Tudo começou com uma desclassificação na tomada de tempo. Ele havia feito a pole para sua categoria, a Graduados B, mas foi desclassificado por falta de peso no kart. Largando em último, fez uma primeira bateria inteligente, sem se envolver em acidentes, para chegar em décimo na geral (exatamente a posição de largada para a prova decisiva). Nas quinze voltas que definiram o classificado, ele foi agressivo na medida certa e terminou em segundo na geral, primeiro na Graduados B. O que definiria os classificados, tanto na Graduados A quanto na Graduados B, seria a pontuação das duas provas somadas. Pipo Derani acabou empatado com Lucas Foresti, mas levou a vaga por ter sido o melhor na segunda bateria. Os dois novos finalistas aumentam para sete o número de classificados (que vai até 12) para a decisão da Seletiva de Kart Petrobras, marcada para os dias 25 e 26 de novembro, na Granja Viana (SP). A lista tem os nomes de Felipe Guimarães, Gabriel Navarrete, Felipe Nasr, Douglas Hiar, Vitor Teiji e, agora, Guilherme de Conto e Pipo Derani. “Eu já havia tentado a classificação na primeira etapa, a Copa Petrobras Sorriso Campeão, estava bem rápido, mas me tiraram da pista. Aqui, eu vim para me preparar para o Brasileiro (que também será realizado no Velopark, em julho) e para ter esta nova chance de chegar à disputa do prêmio”, afirmou Pipo. “Como será a minha estréia, ainda não conheço muito bem o formato, nem o equipamento da Seletiva, mas vou esperar algumas definições para começar a marcar meus treinos de preparação”, revelou. A próxima etapa classificatória da Seletiva de Kart Petrobras será realizada dia 12 de julho, em Fortaleza (CE), valendo uma vaga. Este é o 10º ano da Seletiva de Kart Petrobras, que já teve Danilo Dirani, Julio Campos, Sergio Jimenez, Rafael Daniel, Guilherme de Conto e Rafael Suzuki como campeões.