TÍTULO NA SELETIVA GARANTE PRÊMIO DE R$ 100 MIL PARA LEONARDO CORDEIRO

26/11/2008
Leonardo Cordeiro, piloto da Fórmula 3 Sul-Americana, terá R$ 100 mil para planejar sua temporada em 2009. O prêmio foi conquistado nesta quarta-feira (26), no Kartódromo Internacional da Granja Viana, durante a final da 10ª edição da Seletiva de Kart Petrobras. “É uma conquista de fundamental importância para a minha carreira. Quero continuar correndo de F-3 no ano que vem, não sei se no Brasil ou na Europa, e contava com bastante com este dinheiro”, disse o campeão. Não foi nada fácil, mas ele chegou à bateria final com uma confortável vantagem de sete pontos sobre o vice-líder, Nicolas Costa. Não precisava ir além de um quarto lugar (numa prova de seis finalistas) para garantir a conquista. “Acho que as tomadas de tempo foram decisivas. Ali, consegui somar mais pontos, quem tem mais pontos larga na frente, foi tudo conseqüência deste início de trabalho”, contou Leonardo Cordeiro, de 19 anos, que passou a semana treinando no kartódromo para o evento. Para assegurar o título, ele chegou a abrir mão de um prêmio extra, além dos R$ 100 mil. Até a bateria decisiva, tinha 100% de aproveitamento e caminhava para vencer o prêmio Piloto 10, que lhe daria mais R$ 10 mil. Mas, com a conquista principal praticamente assegurada, preferiu não correr riscos e cedeu a liderança ao já sem chances Felipe Guimarães, que cresceu ao longo do evento e dominou a prova final. A quatro voltas do fim, Leonardo Cordeiro ainda retomou a ponta, mas perdeu na seqüência. Chegou em segundo lugar. “Eu pensei o tempo todo no Piloto 10. Mas preferi dar prioridade ao prêmio principal. Principalmente porque sabia que a quantia extra seria dada ao Instituto Barrichello Kanaan caso eu não a conquistasse”, acrescentou. Assim será feito. A instituição receberá uma doação de R$ 12 mil (os outros R$ 2 mil já estavam inicialmente previstos). A vitória de Leonardo Cordeiro não tirou o brilho da atuação de Nicolas Costa. Último garoto a se classificar, ele fez sua primeira participação na Seletiva de Kart Petrobras e impressionou desde as tomadas de tempo. Só que, nas baterias finais, deu tudo errado. “Faltou sorte nas duas últimas corridas. Eu não sei o que pensar. Minha carreira dependia desse dinheiro. Pensando por um lado, que foi a minha exposição aqui, foi proveitoso, mas eu contava com o prêmio para continuar correndo em 2009”, lamentou o vice-campeão, que mesmo assim recebeu R$ 10 mil. Binho Carcasci, promotor do evento, ficou bastante satisfeito com a edição de 2008. “A minha avaliação é que em dez anos nunca deixamos de evoluir, tanto na parte técnica, refinando o regulamento para premiar sempre o melhor, quanto na parte esportiva, sempre mantendo o alto nível dos participantes”, avaliou. Leonardo Cordeiro se junta aos campeões da Seletiva de Kart Petrobras, uma lista que já contava com Danilo Dirani, Julio Campos, Sergio Jimenez, Rafael Daniel, Guilherme de Conto e Rafael Suzuki. A pontuação final da Seletiva de Kart Petrobras: 1 Leonardo Cordeiro (SP), 48 pontos; 2 Nicolas Costa (RJ), 39; 3 Felipe Guimarães (DF), 34; 4 Vitor Teiji (PR), 34; 5 Gabriel Navarrette (GO), 31; 6 Marcelo Anselmi (PR), 20; 7 Felipe Nasr (DF), 15; 8 Paulo Grassi (SP), 15; 9 Douglas Hiar (SP), 13; 10 Guilherme de Conto (PR), 13; 11 Marcelo Medeiros (MA), 10; 12 Pipo Derani (SP), 10;