Em Volta Redonda, Seletiva faz campeão mais jovem da história: Jonathan Louis

21/10/2009
Jonathan Louis tem um orçamento inicial de R$ 100 mil para planejar sua temporada em 2010. Na tarde desta quarta-feira (21), ele quebrou um recorde em Volta Redonda (RJ). Aos catorze anos de idade, tornou-se o campeão mais jovem da história da Seletiva de Kart Petrobras. "Quando recebi a bandeirada, foi uma emoção muito grande, essa conquista era o meu sonho. Lembro que estava nas categorias de base, via os outros os mais velhos correndo, é muito bom estar aqui hoje e poder conquistar o título”, comemorou Jonathan Louis. Ele foi o mais rápido em duas das três tomadas de tempo, ganhou uma das duas corridas eliminatórias e uma das duas baterias finais. Desempenho que lhe permitiu chegar à última prova precisando apenas largar para comemorar a conquista. Que para abre portas para qualquer piloto. "Meus anos de kart estão quase no fim e agora vamos ver o que fazer daqui em diante”, acrescentou Jonathan Louis. O paranaense começou o dia decisivo empatado em pontos com o conterrâneo Vitor Teiji, mas foi melhor nesta quarta-feira. O vice-campeonato, com prêmio de R$ 6 mil, foi parar nas mãos do campeão anterior, Leonardo Cordeiro, vencedor da última bateria em Volta Redonda. "Diferente do ano passado, eu cometi alguns erros. Para se ter uma ideia, na temporada passada eu saí das tomadas de tempo com 100% de aproveitamento. Aqui, não foi assim. Depois do meu acidente com o Vitor Teiji na segunda eliminatória, praticamente dei adeus às minhas chances”, contou o piloto, que corre na Fórmula 3 Sul-Americana. Felipe Fraga era o único que poderia ameaçar a conquista de Jonathan Louis, mas ficou na largada da última bateria. No fim, perdeu até o terceiro lugar, que ficou com Vitor Teiji. Outros destaques foram o goiano Gabriel Navarrete, que venceu uma das provas eliminatórias, e a única mulher e representante carioca da decisão, a garota Luana Pedrosa, que foi até as baterias decisivas. Binho Carcasci, promotor do evento, destacou a renovação da Seletiva de Kart Petrobras. "O que me chamou a atenção nesta edição foi a renovação. Havia pilotos muito novos entre os mais experientes. E o campeão é o mais novo da história. O Jonathan (Louis) fez uma final muito boa, concentrado o tempo inteiro e mereceu o prêmio”, analisou Binho Carcasci. Jonathan Louis completa quinze anos de idade em novembro. Neste ano, a final da Seletiva de Kart Petrobras reuniu representantes das cinco regiões brasileiras: Norte, Nordeste, Centro-Oeste, Sul e Sudeste.