Seletiva de Kart Petrobras anuncia novidades para sua 14ª temporada

27/03/2012
Torneio segue oferecendo o maior prêmio do kartismo brasileiro, com um total de R$ 136.500,00 entregues ao longo do ano, sendo R$ 117 mil para o campeão

Consagrada por oferecer o maior prêmio do kartismo brasileiro e incentivar, há mais de uma década, a passagem de jovens pilotos do kart para o automobilismo, a Seletiva de Kart Petrobras anunciou nesta quarta-feira (7) as novidades para sua 14ª temporada.

Além do aumento da premiação ao campeão, que passa a receber R$ 117 mil, o evento dará prêmios em dinheiro ao vice-campeão (R$ 8 mil) e ao terceiro colocado (R$ 3,5 mil), que somados aos recursos distribuídos ao longo do ano em etapas classificatórias compõem a premiação total de R$ 136.500,00.

A Seletiva apresenta, também, duas modificações em seu regulamento desportivo que prometem reforçar a característica fundamental do torneio. Criada em 1999, a competição tem por objetivo incentivar novos talentos do esporte a motor a dar continuidade às suas carreiras nos estágios seguintes aos do kart.

A primeira notícia divulgada nesta semana pela organização do evento prevê que, a partir deste ano, o piloto que já venceu a Seletiva Petrobras não poderá concorrer ao título novamente - aumentando, assim, as chances de novos talentos conquistarem o prêmio. Dessa forma, fica ratificado o recorde do paulista Rafael Daniel - atualmente piloto da Copa Montana Stock Car - que venceu a competição em três oportunidades (2002, 2003 e 2004).

"Essa é uma medida que vamos adotar para reiterar o propósito da Seletiva, que é premiar um novo talento do kart brasileiro e ajudá-lo a dar os primeiros passos no automobilismo. No nosso modo de ver, ao ganhar o prêmio o piloto cumpre o primeiro estágio da carreira de um piloto, que é o kart. Quem já foi finalista, mas não venceu, pode tentar novamente a conquista do prêmio. Somente quem venceu não poderá disputar mais a decisão", contou Binho Carcasci, promotor da Seletiva de Kart Petrobras.

Seguindo a filosofia de lançar novos talentos para o automobilismo, a Seletiva de Kart Petrobras vai diminuir a idade máxima de seus participantes. Na temporada 2011, por exemplo, os finalistas poderiam ter até 20 anos de idade. A partir de agora, o limite será de 18 anos.

"Temos visto que, especialmente na Europa, os pilotos estão saindo do kart e ingressando no automobilismo cada vez mais jovens. Nos últimos anos, há diversos casos de pilotos de menos de 20 anos de idade, como o Jaime Alguersuari e o próprio Sebastian Vettel, que estrearam na Fórmula 1. Então estamos adequando a Seletiva de Kart Petrobras a essa nova realidade. E o primeiro passo neste sentido é diminuir a idade máxima dos nossos finalistas", finalizou Carcasci.

A temporada de 2012 da Seletiva de Kart Petrobras começa a classificar os finalistas já no mês de março. Entre os dias 30 e 31 deste mês, o kartódromo de Interlagos, em São Paulo, vai receber a tradicional prova inaugural do evento: a Copa Petrobras Sorriso Campeão. Ao todo serão 12 finalistas disputando o prêmio e seis provas classificatórias em um calendário que em algumas semanas será definido pelos promotores do evento.

Confira abaixo todos os campeões da história da Seletiva de Kart Petrobras:

2011 - Felipe Guimarães (DF)
2010 - Felipe Fraga (TO)
2009 - Jonathan Louis (PR)
2008 - Leonardo Cordeiro (SP)
2007 - Rafael Suzuki (SP)
2006 - Graduados A: Guilherme de Conto (PR) / Graduados B: Felipe Guimarães (DF)
2005 - Graduados A: Guilherme de Conto (PR) / Graduados B: Gabriel Dias (PR)
2004 - Rafael Daniel (SP)
2003 - Rafael Daniel (SP)
2002 - Rafael Daniel (SP)
2001 - Sérgio Jimenez (SP)
2000 - Júlio Campos (PR)
1999 - Danilo Dirani (SP)