Ítalo Leão, de Brasília, conquista vaga em Belo Horizonte

01/07/2012
Ponto extra dado pela melhor volta na segunda bateria definiu a disputa entre o brasiliense e o paulista Pietro Rimbano. Etapa não foi positiva para os pilotos da casa: mineiros mais bem colocados terminam na terceira e quarta posições

O brasiliense Ítalo Leão, de 16 anos de idade, é o quarto piloto classificado para a fase final da Seletiva de Kart Petrobras - evento que há 14 anos distribui o maior prêmio em dinheiro do kartismo brasileiro e foi criado com a finalidade de ajudar os praticantes da modalidade a ingressar no automobilismo.

Finalista da seletiva em 2010, Leão já havia tentado vaga para a decisão de 2012 na Copa Petrobras Sorriso Campeão, realizada no mês de março em São Paulo, mas não obteve bons resultados em razão de uma quebra e um acidente.

Neste fim de semana, na etapa realizada no Kartódromo RBC Racing, em Vespasiano, na Grande Belo Horizonte, ele enfrentou os favoritos locais e pilotos de diversos estados brasileiros para estar no grupo que reúne os 12 melhores kartistas do ano.

"Estou muito focado na disputa da Seletiva de Kart Petrobras neste ano, porque depois da experiência adquirida em 2010, acredito estar muito mais bem preparado para disputar o título", disse Ítalo. "No ano passado rodei praticamente o Brasil todo para conseguir uma vaga, mas acabei fora da decisão. Neste ano mantive o mesmo foco e, graças a Deus, consegui estar no grupo dos 12 melhores já na segunda tentativa. Estou feliz porque, a partir de agora, já posso focar a disputa pelo prêmio. A seletiva é um evento muito bem organizado e vencê-la é uma das maiores honras para um piloto de kart. Se eu for o campeão neste ano, será uma conquista maravilhosa", acrescentou o brasiliense.

Para aumentar suas chances de classificação diante do favoritismo teórico dos pilotos da casa, Ítalo Leão chegou ao Kartódromo RBC Racing já na quinta-feira. Depois dos primeiros testes de pista, ele ficou fora dos treinos da manhã da última sexta em razão de uma contusão, mas voltou com força total para a sessão de classificação.

Quarto colocado em um grid comandado pelo carioca Vancler Moreira, ele assumiu a liderança já na primeira curva, mas não teve vida fácil durante a prova. Líder até a volta de número dez, o brasiliense foi ultrapassado pelos paulistas Guilherme Salas e Pietro Rimbano, piloto da categoria Júnior que, ao lado do mineiro Sérgio Sette Câmara, foi uma das surpresas da etapa. Leão só conseguiu recuperar a ponta depois de um toque entre Salas e Rimbano em nova disputa pela liderança, realizada a poucas voltas a bandeirada.

Duas corridas - Pelo regulamento da etapa de BH da fase classificatória da Seletiva de Kart Petrobras, o mais novo finalista de 2012 seria conhecido após a soma dos pontos das duas baterias da categoria Sprinter que compuseram a rodada do fim de semana do Campeonato Mineiro. Por isso os 14 competidores que disputaram a única vaga disponível voltaram à pista horas depois da prova vencida por Leão para mais um confronto.

E foram os giros finais desta segunda bateria que reservaram os momentos mais emocionantes da disputa - e tornaram o ponto extra dado ao autor da melhor volta da prova o fiel da balança na briga pela quarta vaga para a final da Seletiva Petrobras de Kart em 2012.

Largando na pole position em razão do resultado obtido na primeira corrida, Ítalo Leão se manteve na liderança nas primeiras voltas, mas logo foi superado por Pietro Rimbano e Guilherme Salas. Pouco depois de recuperar a segunda posição de Salas, o brasiliense estabeleceu a melhor volta da corrida e, com o ponto extra garantido, já poderia comemorar a classificação para a final mesmo sem ultrapassar o líder.

A tranquilidade de Leão, no entanto, durou pouco, já que na passagem seguinte ele perdeu o melhor tempo da pista para seu principal adversário. Na matemática da decisão, o ponto extra alçaria Rimbano aos mesmos 20 pontos do brasiliense, e daria a ele a vaga depois de aplicado o primeiro critério de desempate, que é o resultado da bateria final.

A duas voltas do fim, Ítalo Leão recuperou a melhor volta e ainda tentou sacramentar a vitória com uma ultrapassagem sobre o líder no giro final. Mais bem posicionado no traçado e com o kart mais equilibrado, Rimbano conseguiu recuperar a ponta na mesma curva em que sofreu o ataque, mas o esforço não foi suficiente para impedir a vitória do brasiliense no placar geral por 21 pontos a 19.

Jovens surpresas - A passagem da Seletiva de Kart Petrobras por Minas Gerais mostrou a força do evento junto aos jovens praticantes da modalidade. Como de costume, a disputa de uma vaga para a fase final aumentou o número de pilotos no grid de largada do campeonato estadual, e atraiu competidores de diversos estados. Até mesmo pilotos mineiros que só competem em São Paulo, como Sérgio Sette Câmara, voltaram a Minas Gerais para buscar classificação.

"Nestes 14 anos temos visto que a disputa de uma vaga para a final da Seletiva de Kart Petrobras é algo que realmente atrai muitos pilotos. Nesta passagem por Minas Gerais, fiquei especialmente satisfeito com a estreia em nossas disputas de Pietro Rimbano e Sérgio Sette Câmara, que são pilotos da categoria Júnior. Pelo regulamento particular desta prova, que segue a determinação da federação local para a divisão Sprinter, eles puderam dividir o grid com os pilotos graduados e isso mostrou que temos mais uma boa safra de novos pilotos sendo formada nas categorias menores", disse Binho Carcasci, idealizador, organizador e promotor do evento.

O dirigente, que acumula passagens de sucesso pela Fórmula Fiat, um marco do automobilismo brasileiro nos anos 1990, e pela Fórmula 3, disse ainda que a vontade de Ítalo Leão de se classificar novamente para a fase final da Seletiva de Kart Petrobras - demonstrada não só no ano passado, mas, principalmente, nas duas primeiras oportunidades de 2012 -, mostra o interesse dos jovens pilotos pelo evento.

"O nosso maior objetivo é oferecer uma disputa limpa, com qualidade e que permita ao piloto mostrar o seu melhor. Por isso ver o empenho por estar no grupo dos 12 melhores demonstrado por um jovem que já foi finalista é muito gratificante. O Ítalo já conhece as diversas fases da Seletiva de Kart Petrobras e não poupou esforços para voltar ao nosso torneio. Ele viajou cerca de 700 quilômetros de carro, sofreu uma contusão e se recuperou, tudo para estar na final. Por isso está de parabéns", encerrou Carcasci.

A próxima etapa classificatória para a final da Seletiva de Kart Petrobras será realizada no dia 30 de junho, durante o GP Lubrax, no Kartódromo da Granja Viana. Mais duas vagas estarão em jogo nesta etapa. Veja como terminaram as disputas deste fim de semana em Minas Gerais.

Corrida 01
1) Ítalo Leão, 20 voltas em 18min03s033
2) Guilherme Salas, a 0s313
3) Pietro Rimbano, a 2s391
4) Evandro Bambirra, 3s660
5) Sérgio Sette Camara, a 5s799 (melhor volta, + 1 ponto)
6) Felipe Costa, a 13s763
7) José Eduardo Fusco, a 19s640
8) José Almeida Wolff, a 19s795
9) Pedro Fortes, a 19s991
10) Gabriel Andrade, a 31s228
11) Lucas Nogueira, a 31s707
12) Pedro Gomes, a 32s366
13) Vancler Moreira, a 14 voltas
14) Mike D’Almeida, a 16 voltas


Corrida 02
1) Pietro Rimbano, 19 voltas em 17min02s846
2) Italo Leão, a 0s685 (melhor volta, + 1 ponto)
3) Pedro Fortes, a 1s293
4) Evandro Bambirra, a 5s660
5) Pedro Gomes, a 11s268
6) Sérgio Sette Camara, a 14s937
7) Júlio Almeida Wolff, a 21s905
8) Felipe Costa, a 24s945
9) Mike D’Almeida, a 30s268
10) Gabriel Andrade, a 30s934
11) Vancler Moreira, a 33s840
12) Lucas Nogueira, a 2 voltas
13) Guilherme Salas, a 3 voltas
14) José Fusco, a 8 voltas


Classificação final após duas baterias
1) Italo Leão (DF), 21 pontos
2) Pietro Rimbano (SP), 19
3) Evandro Banbirra (MG), 14
4) Sérgio Sette Câmara (MG), 12
5) Guilherme Salas (SP), 9
6) Felipe Costa (DF), 8