PILOTOS COMEÇAM A TREINAR EM BRASÍLIA DE OLHO NA SELETIVA DE KART PETROBRAS

07/12/2005
Os treinos, mesmo, só começam na semana que vem. Só que tem gente que não quer nem saber de esperar. Alguns finalistas da Seletiva de Kart Petrobras anteciparam a chegada a Brasília (DF) para ter mais tempo de testar para o evento, que será realizado nos dias 13, 14 e 15 de dezembro, no kartódromo do Guará. Os pilotos da casa, é claro, não poderiam perder a oportunidade. Guilherme Camilo está andando desde início da semana. O outro brasiliense, Caio Zanani, treinou o ano inteiro com chassis Birel e motor Biland (o mesmo equipamento utilizado na Seletiva de Kart Petrobras). Eles ganharam a companhia, nos últimos dias, de quem veio de fora só para ganhar experiência no traçado. O campeão da Seletiva de Kart Petrobras, na Graduados A, receberá R$ 70 mil. O melhor estreante leva R$ 7 mil e o vencedor na categoria Graduados B fica com R$ 18 mil. Para chegar melhor preparado na disputa pelo cheque, que representa uma boa parte do orçamento para a temporada de 2006, o pentacampeão brasileiro Sérgio Jimenez começou cedo os trabalhos em Brasília. Ele quer correr de Fórmula 3 na Europa no ano que vem e sabe que vencer a Seletiva de Kart Petrobras seria um passo importante para o projeto. O piloto é o recordista de participações na decisão do evento (foram cinco vezes) e faz a sua despedida neste ano – a partir de 2006 estará acima da idade limite, que é de 21 anos. O paulista Mario Romancini, bicampeão da Copa Petrobras Sorriso Campeão e melhor estreante da Seletiva no ano passado, também está treinando no Distrito Federal. Com um pouco mais de experiência do que em 2004, ele integra a lista dos principais favoritos. A estrutura da Seletiva de Kart Petrobras no kartódromo do Guará começa a ser montada na segunda-feira (12). O promotor do evento, Binho Carcasci, e o diretor-técnico, Paulo Carcasci, chegam a Brasília no domingo (11). Antes, no sábado (10), um caminhão sai de São Paulo levando todo o equipamento que será utilizado durante a semana. No total, são 8 chassis, 15 motores, 50 jogos de pneus (incluindo os de chuva) peças e placas de pista. São doze finalistas na Graduados A (Guilherme de Conto, Mario Romancini, Claudio Cantelli, Caio Zanani, Sérgio Jimenez, Clemente Faria Jr., Vinícius Quadros, Fernando Cevallos, Lucas Rodrigues, Rafael Suzuki, Lucas Finger e Dennis Dirani) e seis na Graduados B (Leonardo Cordeiro, Fabiano Machado, Gabriel Dias, Douglas Hiar, Tales Dias e Guilherme Camilo).